terça-feira, 13 de abril de 2010

Qualquer carinho

Qualquer carinho me interessa
Mesmo que seja o seu, distante
Mesmo que esse toque que atinge a minha alma
Seja sopro de brisa,
Fresta de luz,
Resto de dia.

Qualquer bondade me cativa
Mesmo a que me entregam sem saber
Mesmo a que parece sem sentido
Porque o fragmento de bem que me atinge
Repousa meu coração
Sorri meus lábios, outra vez.

Qualquer bondade é um carinho
Qualquer carinho, uma bondade.
Qualquer um.

5 comentários:

  1. Minha linda poesia.

    Muito bom ler o teu ritmo.
    Meu carinho mais sincero a ti.

    ResponderExcluir
  2. Eita, matou a pau, Cinthia! Queria ter feito este poema, é a minha cara.

    Beijos,

    Patrícia Goulart

    ResponderExcluir
  3. Lindo Cinthia! Qualquer carinho para uma pessoa especial que é cheia de carinhos como você. Beijos Martha

    ResponderExcluir
  4. Parabéns , amiga, pelo seu niver!
    Muita alegria, muita paz, muita saúde para voce, sempre!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  5. hammmmm??? aniversário? quando? como?
    Um beijos "com açucar (carinho) e com afeto", pena que não fiz o seu "doce predileto".
    Tudo de melhor pra você.
    beijocas
    Olivia

    ResponderExcluir