quinta-feira, 6 de março de 2014

Me dá um abraço

Me dá um abraço. Assim, errado. Assim, com pronome no começo da frase. Um abraço oblíquo. E que se dane o incorreto. Eu quero mesmo é um abraço. Um pra corpo carente de toque. Corpo com osso que dói. Com veia que dói. Um pra aquecer sangue gelado, pra arrepiar pele, pelo, bico de peito. E desfazer nó de tensão que mora na nuca.
Falta de abraço faz da gente cão sem dono. Sempre atrás de qualquer comida. Desviando de pontapé, de água quente, de vassourada. Brigando por um pouco de lixo podre, por um nada de restos, por uma poça de água suja. Ou por uns dedos passeando à toa no dorso. É patético ser vira-lata de abraço. 
Mas eu sou.
Então, esquece o proibido do pronome e me aperta. Segura com força, sem jeito mesmo. E me dá logo um abraço. Desses que são de uma vez. De tirar o fôlego, de tirar o chapéu.
Abraça. Eu não quebro. Nem penso que abraço é mais que abraço. Que é preliminar. Ou que é promessa. O meu é de afeto, de eu te entendo, de vai passar, de eu estou aqui. Abraço pronominal. 


9 comentários:

  1. Que lindo texto, Cinthia! Dane-se o português correto, o que importa é mesmo o afeto, o carinho que passamos através do abraço! Sinta-se abraçada!
    Sonia

    ResponderExcluir
  2. Até nos encontrarmos, feche os olhos e sinta-se abraçada.

    ResponderExcluir
  3. A sensação de ser abraçado (a) por alguém que amamos, é indescritível. Um abraço pode nos curar, pode ser o motivo do nosso sorriso.
    Gostei bastante do texto e da questão metafórica do pronome.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo7/3/14 12:01

    Lindo! Adorei! Sinta-se abraçada.
    Posso publicar com os devidos créditos, acho que todos deviam ler.
    Beijos ops abraços Martha

    ResponderExcluir
  5. LINDO!!!!! Muita sensibilidade. Sabe que me comoveu. Tive até vontade de chorar. Qualquer outra palavra é demais e inútil.

    ResponderExcluir
  6. LINDO!!!!! Me comoveu muito. Tive até vontade de chorar. A partir daqui toda palavra é demais. É inútil.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que lindo isso! Só lhe dando mesmo um abraço. Senti tanto prazer nessa leitura que me senti abraçada.

    ResponderExcluir